Foto: Madson Morais

Foto: Madson Morais

A juíza Adriana Goulart de Sena Orsini tomou posse como desembargadora do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região, em solenidade que aconteceu no final da tarde de hoje (20), no gabinete da Presidência do TRT3. Ela atuava como juíza titular da 47ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte e foi promovida a desembargadora pelo critério de antiguidade, em vaga decorrente de aposentadoria do desembargador Heriberto de Castro.

A solenidade foi conduzida pelo presidente do Tribunal, desembargador Júlio Bernardo do Carmo. Em seu discurso, ele fez um apanhado da carreira da magistrada na Justiça Trabalhista mineira, lembrando-se de quando a conheceu ainda servidora e, depois, em todas as Varas do Trabalho em que atuou como juíza substituta e titular, por quase 25 anos.

O presidente também destacou a atuação de Adriana Orsini como professora, em especial na Faculdade de Direito da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Para ele, a nova desembargadora “sabe conjugar com perfeição a magistratura e o magistério e isso é um atributo que vem enriquecer sobremaneira a Segunda Instância do nosso Regional”.

Em seguida, a magistrada leu o compromisso e assinou o termo de posse, que também foi assinado pelo presidente do Tribunal e lido pelo secretário-geral da Presidência, Douglas Eros Rangel.

A nova desembargadora iniciou a sua fala dizendo que vai levar das salas de audiência as suas melhores lembranças da vida profissional, pois “é lá que se dá o encontro da solução dos conflitos da forma mais bonita e magna”. E
expressou a felicidade que sentia naquele momento, por começar “a etapa mais nobre” de sua vida.

“O meu compromisso com o Direito Trabalhista é de vida. Eu amo esta instituição, eu amo a Justiça do Trabalho, que pra mim é a justiça mais realizadora dos direitos sociais. Podem contar comigo para a contínua construção deste egrégio e respeitado Tribunal”, concluiu a magistrada.

Estiveram presentes na solenidade a procuradora-chefe do Ministério Público do Trabalho de Minas Gerais, Adriana Augusta de Moura Souza, o diretor Administrativo e Financeiro da Amatra3, juiz Marco Antônio Ribeiro Muniz Rodrigues, o presidente da Comissão de Direitos Sociais da OAB, seção Minas Gerais, doutor Marco Antônio Oliveira Freitas, desembargadores, juízes e servidores do TRT3.

Veja o currículo da desembargadora Adriana Goulart de Sena Orsini, clicando aqui.

Fonte: TRT3