Magistrados da 3ª Região estiveram hoje (5) na Câmara dos Deputados, em Brasília (DF) durante a realização do Ato Nacional em Defesa da Justiça do Trabalho e dos Direitos Sociais. A Amatra3 esteve representada por seu Presidente, Flânio Antônio Campos Vieira, Renato de Paula Amado (vice-presidente), Pedro Paulo Ferreira (Diretor de Assuntos Jurídicos e Legislativos) e Silene Cunha de Oliveira (Diretora de Comunicação Social), além dos associados André Dutra, Jéssica Martins e Maria José Rigotti Borges.

Além de magistrados de todo o país, a mobilização contou com a participação de procuradores, servidores, advogados e deputados. A mobilização foi organizada pela Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra), em parceria com a Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho (ANPT), a Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário Federal e do Ministério Público da União (Fenajufe), a Associação Brasileira de Advogados Trabalhistas (Abrat) e o Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

O Juiz Flânio Antônio Campos Vieira, Presidente da Amatra3, afirma que o “momento é de extrema importância para o esclarecimento à sociedade brasileira sobre a missão constitucional cumprida pela Justiça do Trabalho, que inegavelmente se mostra, quando menos, absolutamente recomendável em um país onde impera a desigualdade social e a implementação dos direitos sociais fundamentais ainda se trata de um objetivo não alcançado. Estejamos juntos, portanto, no cumprimento da nossa missão constitucional. A nossa consciência certamente clama por isso”.

Ao final do Ato, a juíza Noemia Garcia Porto, vice-presidente da Anamatra leu a “Carta de Brasília”, que será encaminhada a todos os parlamentares.