A culminância do Programa Trabalho, Justiça e Cidadania foi realizada na manhã de hoje (08), no Teatro Cine Capucho, em Vespasiano. O evento reuniu alunos, professores e pedagogos da rede municipal de ensino para as apresentações artísticas que retratavam o tema central do Programa: O futuro do trabalho digno e a importância da Justiça do Trabalho.

O Presidente da Amatra3, Juiz Flânio Antônio Campos Vieira, agradeceu o apoio da Prefeitura de Vespasiano que, por meio da Secretaria Municipal de Educação, oportuniza a concretização dos objetivos do Programa. Além disso, o presidente agradeceu aos professores e equipe pedagógica “que se dedicam aos ensinamentos da proposta, aos estudantes que qualificam o resultado positivo alcançado pelo TJC e aos magistrados e membros do Ministério Público”, além da Arcelor Mittal, “cujo patrocínio é indispensável para a realização do Programa”. Finalizando, Flânio desejou boa sorte e que os estudantes estejam firmes no proposito de construção de uma sociedade mais justa, fraterna e solidaria para todos.

O Coordenador do Programa Trabalho, Justiça e Cidadania e vice-Presidente da Amatra3, Juiz Renato de Paula Amado, avaliou de forma positiva as atividades desenvolvidas pelo TJC no ano de 2019. “Hoje é a realização de um ano inteiro de projeto, onde os estudantes apresentam o conteúdo que aprenderam através da Cartilha do Trabalhador e dos conhecimentos compartilhados pelos professores através da capacitação”.  Além disso, Renato espera que no próximo ano as atividades do TJC sejam expandidas para outros municípios de Minas Gerais. “O objetivo é ampliar as possibilidade de promoção e conscientização da cidadania”, defendeu.

Ilce Alves Rocha Perdigão, Prefeita de Vespasiano

Laís de Castro Brant, Secretária Municipal de Educação

 

 

 

 

 

 

 

O evento que encerrou as atividades do Programa TJC em 2019 contou com a presença da Prefeita de Vespasiano, Ilce Alves Rocha Perdigão e da Secretária Municipal de Educação, Laís de Castro Brant.

As apresentações artísticas de dez escolas da rede municipal de ensino tiveram como foco o tema proposto pelo programa: O futuro do trabalho digno e a importância da Justiça. Após as apresentações, o júri formado pelo Gerente Geral de Relações Institucionais e Comunicação da Arcelor Mittal Brasil, Fernando S. Café Carvalhaes; pela Juíza Andressa Batista de Oliveira e pela Coordenadora Geral do Fórum de Erradicação e Combate ao Trabalho Infantil e Proteção ao Adolescente Trabalhador (FECTIPA), Elvira Mirian Veloso de Mello Cosendey, se reuniram para decidir os ganhadores.

As escolas vencedoras foram:

1º Lugar – E. M. Maria de Paula Santos
Tema: “Os Clowns e a luta pelo trabalho digno”

2º Lugar – E. M. José Paulo de Barros
Tema: “E o futuro do trabalho digno?”

3º Lugar – E. M. Senhor do Bonfim
Tema: “A Justiça do Trabalho e a Revolução Tecnológica”