A Rede Nacional de Cooperação Judiciária, instituída pela Recomendação nº 38/2011, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), promove, no dia 13 de maio, a quarta edição do Encontro da Rede Nacional de Cooperação Judiciária. Excepcionalmente esta edição ocorrerá em meio virtual pela plataforma Cisco Webex.

Entre os temas que serão tratados no evento está o acompanhamento e a supervisão das medidas de prevenção ao contágio pelo novo Coronavírus – Covid-19 tomadas pelo CNJ e pelos tribunais brasileiros. As inscrições podem ser feitas até 8 de maio no link enviado por ofício aos tribunais.

O conselheiro Mário Augusto Guerreiro, membro do Comitê Executivo da Rede Nacional de Cooperação Judiciária, explica que um dos objetivos do Encontro será a estruturação da rede de cooperação nacional por ato normativo. “A ideia é colocarmos a minuta no site do evento ao longo desta semana, para que todos já conheçam o seu conteúdo, possam opinar e ajudar a construir a resolução”.

A Rede Nacional de Cooperação Judiciária foi criada para fomentar no Judiciário brasileiro a cultura da cooperação entre magistrados e tribunais, para dar atendimento célere aos atos processuais que dependem de mais de um magistrado ou tribunal.

O CNJ realizou três encontros nacionais dos juízes de cooperação em que houve o fomento das atividades e das relações entre os magistrados e o compartilhamento de boas práticas e dificuldades enfrentadas pelos integrantes da Rede de Cooperação.

Clique aqui e saiba mais sobre o Encontro

Fonte: Anamatra