Para marcar o Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil, em 12 de junho, o Comitê Gestor Regional do Programa de Combate ao Trabalho Infantil e Estímulo à Aprendizagem do TRT-MG promove, em parceria com o Centro de Memória – Escola Judicial, a “Semana de Erradicação do Trabalho Infantil”, a partir desta segunda-feira (14). Ações em conjunto com sete escolas da rede pública de Belo Horizonte serão realizadas com o objetivo de refletir sobre o problema do trabalho precoce. Além disso, esta edição dará maior enfoque à temática da aprendizagem profissional e será direcionada a estudantes na faixa etária de 14 e 15 anos.

Serão distribuídos, a cada uma das escolas aos professores e cerca de 800 alunos, kits compostos pela cartilha “Programa Justiça e Cidadania: combate ao trabalho infantil e estímulo à aprendizagem”, elaborada Programa Resolução de Conflitos e Acesso à Justiça (RECAJ-UFMG), por um bloco de anotações com o símbolo do Programa de Combate ao Trabalho Infantil, pela revistinha em quadrinhos da Turma da Mônica “Trabalho Infantil, nem de brincadeira” por um boné com a marca do programa e por uma caneta com a marca do programa.

Esse material vai proporcionar discussões sobre a legislação que regulamenta o trabalho do adolescente e que permite o trabalho como jovem aprendiz, bem como sobre as possibilidades de formação profissional gratuita existentes hoje, por exemplo, nos Institutos Federais. Como forma de ampliar a participação, os kits contam com atividades em formato impresso, mas também em formato digital.

WhatsApp_Image_2021_06_11_at_18.51.31.jpeg